O momento certo de levar seu filho ao dentista | Expodonto Odontologia - Clínica Odontologica
O momento certo de levar seu filho ao dentista

O momento certo de levar seu filho ao dentista

Home » Ortodontia » O momento certo de levar seu filho ao dentista

criancas

03.04.2018 | POR:Administrador

O momento certo de levar seu filho ao dentista

Não existe uma idade fixa para levar seu filho a primeira vez ao dentista. O ideal é que desde cedo o tratamento odontológico seja preventivo, um acompanhamento atencioso com os primeiros dentes, cuidando para que não venham a ter algum problema.

Alguns meses após o nascimento da criança pode-se observar em algumas delas, febre, irritação, choro e até vermelhidão na gengiva onde os primeiros dentes estão para nascer. Casos assim já são aconselhados para a primeira visita ao cirurgião dentista para que ele oriente como passar por essa fase sem preocupações. Mesmo quando crianças, os retornos ao consultório odontológico devem acontecer a cada 6 meses para bom acompanhamento.

As instruções iniciais de limpeza, escovação e cuidados com os dentes dos filhos são muito importantes e prioridade nas consultas com o dentista.

A atenção para a limpeza e higienização da boca de uma criança começa mesmo antes de ter dentes, com uma gaze umedecida enrolada na ponta do dedo os pais podem fazer a limpeza da cavidade oral após as mamadeiras, removendo assim todo o resto de alimento que possa ter ficado na boca.

Após nascerem os primeiros dentes decíduos (dentes de leite) os pais serão instruídos a iniciar limpezas com escovas infantis e pasta de dente própria para a idade. A escovação é muito importante não somente para a higiene bucal como para o costume da criança com os cuidados que serão no futuro realizados por ela própria.

No consultório odontológico são realizados alguns procedimentos como:

– Profilaxia (limpeza com escova própria, pasta profilática e fio dental)

– Aplicação de flúor. O flúor age como agente preventivo, auxiliando na proteção dos dentes, os fortificando e evitando possíveis cáries, além de contribuir com um melhor hálito.

– Selante. Os selantes são indicações para dentes molares com profundas fissuras ou sulcos, onde o material irá preencher estas cavidades ajudando a evitar o acúmulo de alimentos e placa bacteriana no local, diminuindo as chances de cárie.

Tratamentos como restaurações, extrações, endodontia (canal), também podem ser realizados caso se observe algum dano nos dentes de leite ou permanentes.

Por esse motivo o acompanhamento se torna ainda mais importante, dentes decíduos (dente de leite) necessitam dos mesmos procedimentos e cuidados dos permanentes, podem causar dor quando não tratados e em casos extremos perda precoce fora do período de troca de dentes.

Indicações para aparelhos ortodônticos também podem ser necessárias, avaliando o caso e a idade. Em crianças ainda muito novas, usam-se aparelhos ortopédicos bucais para corrigir e auxiliar a formação óssea e possibilitar uma dentição permanente mais adequada.

Podemos mencionar casos comuns onde o dente de leite não consegue “amolecer” e cair com a ajuda somente da criança e dos pais, podendo assim ser retirado no consultório odontológico quando já se observa o nascimento do permanente que não encontrou ainda seu lugar correto disponível, devido a presença do antigo dente.

A dentição permanente tem sua conclusão por volta dos 13 anos de idade, podendo ser precoce ou atrasada baseando nesta idade limite e sob supervisão do odontopediatra que acompanhará toda troca.

Deixe um Comentário

Relacionados

ortodontia

Pretende melhorar seu sorriso com o aparelho ortodôntico? Tire suas dúvidas

Não existe uma idade fixa para levar seu filho a primeira vez ao dentista. O ideal é que desde cedo o tratamento odontológico seja preventivo, um acompanhamento atencioso com os primeiros dentes, cuidando para que não venham a ter algum problema. Alguns meses após o nascimento da criança pode-se observar em algumas delas, febre, irritação, […] leia mais

NEWSLETTER

Receba as notícias em seu e-mail